shutterstock_145473292

Aprenda como usar estampas étnicas em roupas infantis!

As estampas étnicas foram um dos maiores hits de 2015 e prometem marcar presença no ano de 2016. Este clássico dos anos 60 e 70, marcado pelo movimento hippie, ganhou uma carinha mais folk nos últimos anos por causa da influência dos festivais de música. É claro que com a influência de artistas tão inteligentes e estilosos, a tendência pode ser adaptada para roupas infantis! Por isto, para deixar o guarda-roupa dos pequeninos ainda mais descolado, separei algumas dicas de como trazer as estampas étnicas para os looks diários. Confira!

O que é uma estampa étnica?

As estampas étnicas são marcadas pela profusão de cores, elementos e grafismos, inspiradas nas tradições de uma região, tribo ou povo. Elas se caracterizam por serem bem vibrantes e pelas alusões culturais. É interessante procurar pelas referências: afinal, todos nós gostamos de uma boa história!

Estampas com inspiração Navajo

As estampas inspiradas na cultura Navajo aparecem nas passarelas desde 2012 e são, novamente, as queridinhas da próxima estação. Os índios Navajo habitam os territórios americanos dos estados de Utah, Novo  México e Arizona. Sua estética característica traz franjas, pedras como a turqueza e muitas padronagens geométricas, além de acessórios como o cocar, as penas, machados e colares. A combinação foi adotada pelo hippies dos anos 60 e hoje é amada pelos entusiastas do boho.

shutterstock_321690533

Mix de cores quentes da India

As estampas da Índia entram com tudo no mundo fashion. A combinação de cores quente, os elefantes, flores e cashmeres chegam para ficar. O dourado entra também como acabamento e destaque. Cidades e culturas de Mumbai, Calcutá, Nova Delhi e Ilhas Maldivas ( paraíso que tem contribuído em coleções ) estão em foco e inspiram cada vez mais marcas.

shutterstock_49596910

As cores vibrantes da Festa dos Mortos

O Dia de Finados é celebrado com muitas cores e festejos no México: o chamado Dia de Los Muertos tem origem indígena, e antigamente, as festas duravam um mês inteiro. Entre os dias 31 de Outubro e o dia 02 de Novembro, as pessoas aproveitam para celebrar a vida de seus ancestrais. A personagem principal desta festa é a La Catrina, um esqueleto de uma mulher de alta sociedade, mostrando que as distinções feitas aqui na Terra nada são diante da morte. Esta caveira virou uma febre pelo mundo, e suas cores alegres são bem vindas no visual das crianças! As principais características das estampas mexicanas são as listras que formam um degradê e a ausência de grafismos.shutterstock_365409809

A diversidade das estampas africanas

A África tem um dos maiores acervos de técnicas de estamparia de todo o mundo. Geralmente, elas são trabalhadas em formas geométricas e cores primárias, em tons bem fortes. Há séculos os africanos dominam as técnicas da tinturaria, e por isso os seus tecidos têm tons tão bonitos: na maioria das vezes, a matéria-prima para estas cores são os pigmentos naturais.

shutterstock_96615949

Todas as cores da América do Sul

Com tanta biodiversidade, a América do Sul não ficaria para trás no quesito cor! As principais referências para as estampas neste estilo são os hábitos culturais de tribos do Peru, Colômbia, Bolívia, Venezuela e Equador. Muitas cores são colocadas em uma mesma peça e as listras são um coringa! Imagens pequeninas de lhamas, flores, peixes e símbolos incas também alegram o visual.

shutterstock_269360354

Viu como as estampas étnicas vão bem em roupas infantis e trazem um bocado de histórias interessantes para o visual do dia a dia?

Confira também as minhas dicas para explorar as estampas florais no verão da moda infantil!

Se você tem alguma dúvida ou sugestão sobre as possibilidades das estampas étnicas, comente aqui!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *