linda-mclean--entrevista-com-o-icone-da-moda-infantil-(traducao)11758 (1)

Linda McLean: entrevista com o ícone da moda infantil

No meu post de hoje quero apresentar uma personalidade que se transformou em uma importante referência no mundo da moda infantil, mas que ainda não é muito conhecida no Brasil: Linda McLean.

Linda estudou Moda e Design na escola de arte Saint Martins de Londres, de onde também saíram nomes como John Galliano, Alexander McQueen e Stella McCartney. Ela atuou como diretora de moda da Junior Magazine durante 15 anos e é profunda conhecedora do universo da moda infantil.

Linda McLean é a autora de um blog de nome curioso: Smudgetikka. O blog é dedicado à moda infantil de alta qualidade, que também dá destaque para a parte da fotografia. É no blog Smudgetikka que Linda publica belos ensaios fotográficos dos mais renomados fotógrafos de moda infantil do mundo todo, bem como fotos de passarela que indicam as novas tendências para roupas de crianças. Linda é também editora de moda da revista Family Traveller, dedicada a viagens de famílias com crianças.

Quer saber mais sobre esta que é uma das maiores influências europeias e mundiais da moda infantil? Leia abaixo a entrevista com Linda McLean. Ela faz comentários sobre o Brasil!

RPKids: 1) Sabemos que você ama o universo infantil. Fale um pouco sobre você e sobre o que faz.

LM:Sou editora de moda há bastante tempo. Costumava trabalhar com moda feminina, mas mudei para moda infantil depois que meu filho nasceu, por ser muito mais compatível com a vida familiar. E também comecei meu blog há uns 5 anos.

Costumava fazer muitas sessões de fotos de moda infantil, mas no momento faço bem menos. Meu blog e o Instagram tomaram conta da minha vida, já que  escrevo no blog 5 dias por semana e posto 3 ou 4 vezes por dia no Instagram.

A revista para a qual trabalho agora publica somente 6 números por ano, então não exige muitas sessões de fotos. Quando era editora de moda da Junior Magazine, houve uma época em que tínhamos 2 revistas mensais e me via fazendo 8 sessões de fotos por mês!

RPKids: 2) Fale sobre o seu blog. Não temos nada semelhante no Brasil, pois normalmente são blogs de mães que acabaram de ter filhos, ou dicas de saúde, educação etc.

LM: Como já estava trabalhando como editora de moda para a Junior Magazine, tinha acesso a muitos eventos do ramo que mamães blogueiras não tinham. E quando comecei, não eram muitos os blogueiros que faziam a cobertura do negócio de modo profissional, e poucos RPs levavam os blogs muito a sério. Isso mudou bastante atualmente. Eles estão muito interessados em incluir os blogueiros mais conhecidos nos eventos de midia.

Eu não era muito interessada em outros aspectos da criação de filhos, quero dizer, leio sobre isso para me manter informada, mas é a parte de moda e fotografia que me fascina!

RPKids: 3) Estamos agora no Outono/Inverno 16, o que você vê pode nos dizer sobre as novas tendências  para o Brasil, que tem um clima mais quente do que aqui?

LM: Desculpe, na verdade não sei muita coisa sobre o mercado brasileiro. Outono/Inverno deve ser uma estação difícil por lá, mas imagino que seja muito similar à Austrália, onde Outono/Inverno também é uma estação apenas mais amena. Isso deve explicar por que a penetração das marcas do norte-europeu não é tão expressiva. No entanto, há muitos designers que usam camadas na Europa, então alguns dos estilos de jersey mais leve com estamparias grandes poderiam ser adequados.

Na Europa, as grandes tendências ainda indicam as largas estampas gráficas representando animais como tigres, pinguins, ursos e criaturas do bosque adicionando-se também um toque de mito e fantasia. Casacos e jaquetas felpudas de pele falsa que devem funcionar para noites mais frias e muitos vestidos tutu cintilantes para usar em festas.

RPKids: 4) Você já esteve no Brasil? O que você acha do mercado brasileiro para crianças (ou da América do Sul)? Você já ouviu falar de algumas das marcas ou já viu algumas das coleções brasileiras?

LM: Nunca estive no Brasil nem na América do Sul. Parecem estar bem fora do mercado europeu, talvez mais perto dos Estados Unidos quanto aos estilos. Só vi por acaso algumas marcas brasileiras de roupa de banho para crianças no Reino Unido.

RPKids: 5) Na sua opinião, quais as principais marcas infantis que ditam as tendências de moda infantil no momento?

LM: Nos últimos anos, as grandes influências têm sido Mini Rodini, Soft Gallery e Bobo Choses e Caroline Bosmans.

Atualmente, esses designers hesitam muito em divulgar amostras prévias de suas coleções, pois eles têm um grande problema ao serem copiados pela Ásia e pelas grandes cadeias de lojas na Europa. Eles têm modelagens e estamparias inovadoras e fotografam com um alto estilo fashion muito legal. Grande parte da marca para adulto Mini Me também têm uma influência. Dolce & Gabbana, Little Marc Jacobs, Stella McCartney, Baby Dior, Chloe e por aí vai.

RPKids: 6) Você também acha que tudo já foi inventado e que no momento não há nada de muito novo em tendências de moda?

LM: Não. De qualquer modo, espero que não! Existe uma ampla variação de estilos lá fora, desde o estilo clássico tradicional lindamente confeccionado até o inovador e moderno estilo de rua, mas ainda há novas coleções a cada estação que trazem surpresas também. Ine de Haes é uma nova coleção com efeitos em 3D com retângulos e triângulos em relevo e é bem experimental.

Foi muito bom saber um pouco mais sobre Linda McLean, não foi? Mas aposto que ainda há uma última pergunta que você gostaria de ter incluído na entrevista: afinal de contas, o que significa Smudgetikka? De onde saiu esse nome engraçado que batizou o blog dela? Linda já respondeu a essa pergunta muitas vezes: não significa nada! Foi um nome inventado pelo filho dela -— que hoje é adolescente — para jogar um jogo eletrônico desenvolvido pela Disney chamado Club Penguin. Ela gostou da sonoridade e pegou o nome emprestado!

Gostou do post de hoje? Venha trocar ideias e deixe um comentário!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *