shutterstock_406969108

Quais os tecidos mais recomendados para as crianças no inverno?

O outono já deu o ar da graça no Brasil. Especialistas afirmam que o frio será mais rigoroso neste ano, e não dá para deixar o guarda-roupa despreparado quando a intenção é proteger as nossas crianças e deixá-las bem quentinhas com a aproximação do inverno. Para isso, contamos com a ajuda de tecidos especiais, que primam pelo conforto e auxiliam a deixar as peças ainda mais bonitas! Quer entender quais são os melhores tecidos para crianças e construir um guarda-roupa mais inteligente para os pequeninos? Acompanhe!

Por que escolher os tecidos certos para as crianças?

Embora tenha uma série de semelhanças com o guarda-roupa dos adultos, o universo infantil tem diversas peculiaridades. O fato é que alguns elementos podem causar alergias, irritações e coceiras.

Quais tecidos podem causar alergia nas crianças?

Infelizmente, um tecido pode ser o agente responsável por alergias que caracterizam a dermatite de contato. Tecidos sintéticos como acetato, poliéster, polipropileno e couro sintético não absorvem a umidade do corpo, provocando acúmulo de resíduos, coceiras e uma sensação áspera ao toque.

Algumas escolhas de produto para o momento da lavagem também podem agravar reações alérgicas, como amaciantes e sabões em pó. Por isso, recomendo que você faça a lavagem das peças infantis com sabão neutro e água fria. O vinagre é um amaciante natural para as roupas e possui um potencial menor para causar irritações. Mas cada criança pode ter mais alergia que a outra ou não ter nenhuma.

Algumas crianças também podem desenvolver sensibilidade à lã, ao cetim e ao náilon. Por isso, é tão importante prestar atenção se as coceiras ou vermelhidões começaram e tirar imediatamente a roupa do contato com a criança e se precisar consultar um médico.

Quais são os melhores tecidos para crianças, especialmente no inverno?

Para manter as crianças bem quentinhas e longe das alergias, o cuidado com a seleção dos tecidos deve ser redobrado. Selecionei alguns dos melhores para que as brincadeiras do inverno não sejam interrompidas por causa de irritações, como você pode ver a seguir!

Os tecidos de algodão são ideais para as roupas que estão em contato do corpo, até forro dos casacos pesados, se for de malha de algodão é melhor. Imbatível no quesito maciez, a malha 100% algodão garante mais conforto e permite que o corpo transpire com tranquilidade.

Já as malhas que misturam algodão e poliéster são mais resistentes, secam mais rápido e quase não amassam, sendo, porém, um tanto menos macias, mas hoje em dia já tem de excelentes qualidades. São muito usadas nas calças e casacos de moleton e moletinho. Também encontramos o algodão misturado com outras fibras, mas o importante é o algodão ser mais que 50% das fibras..

O plush, muito usado agora no inverno, geralmente tem 80% algodão 20% poliéster, tem um toque macio semelhante ao veludo. Cuidado apenas se começar a soltar muitos pelinhos, quer dizer que a qualidade infelizmente não é boa.

Praticamente não vemos mais 100% lã pelo alto custo e por ser não ser ecológico, os famosos pulovers e cardigans  atualmente são 100% acrílico. Algumas crianças podem ter alergia, principalmente se os fios forem longos e felpudos. Dê preferência aos 100% algodão, além de não ser tão quente para o Brasil tem todas as características do algodão que já falamos.

Apesar de conter fibras artificiais, tecidos com elastano com o jeans, cetim e também a  tricoline são ideais quando você deseja que a roupa fique bem justinha no corpo. Também conhecidos como stretch, estes tecidos são ideias para deixar os movimentos bem livres e confortáveis. A malha jeans está com tudo, confiram nosso post contando tudo sobre ela.

Viscolycra (viscose e elastano), suedine e cambraia valorizam a liberdade de movimento e também favorecem a transpiração. A cambraia pode ser formada por algodão, poliéster ou lã. Opte pela de algodão. A viscose, fibra artificial produzida a partir da celulose, proporciona uma deliciosa sensação ao toque.

Tecidos chaves da estação:  suede, chamois ou camurcina, são lindos e com toque muito macio, mas geralmente totalmente sintéticos, portanto alerta vermelho se começar a irritar as crianças. Isso vale também para os coletes e casacos de peles e pelos sintéticos, se a sua criança é alérgica nem pensar em usar, certo?

E para os bebês?

Dê preferência a tecidos pouco felpudos. Soft, plush e lã podem pinicar as crianças, acumular resíduos, contribuindo com alergias, e soltar fiapos, que podem irritar as vias aéreas. Dê preferência à lã antialérgica, lavando-as semanalmente. Todos as malhas de algodão, moletons, suedine são uma ótimas opções para os bebês, podem usar e abusar delas!

Atenção: botões e presilhas a caminho!

Botões, presilhas, broches, pedras e alfinetes podem deixar uma roupinha ainda mais graciosa, mas representam um perigo para crianças até 3 anos. Estas pequenas peças nas roupas, geralmente coloridas e brilhantes, são um atrativo para as crianças neste período, e podem acabar colocando na boca ou se machucar. Tenha sempre muito cuidado!

Pronto: agora podem partir para as compras das crianças!! Dica:  examine etiquetas !!! Aa etiquetas internas das roupas tem todas as instruções e composição do produto, importante olhar antes de comprar. Também tenho um post nesse link você pode ler e entender mais sobre as etiquetas.

Se você ainda tem alguma dúvida ou sugestão, comente aqui! Boas Compras!!!!

 

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *